30 de junho de 2018

Resenha: Tom Jones

junho 30, 2018 0 Comments

Oi pessoal! Hoje eu trouxe para vocês a review de Tom Jones que é um livro bem leve e divertido. Ele é considerado um clássico da literatura inglesa e foi ótimo ler. A história é bem construída e nós somos apresentados a personagens bem elaborados que nos levam a um quebra-cabeça.

Tom Jones é nosso personagem principal, e acompanhamos sua história desde o momento que ele é deixado quando era ainda bebê na casa de um nobre muito rico. Como a identidade dos pais da criança era desconhecida, ele enviou uma criada para descobrir quem eram. A mãe dele foi encontrada, mas ela nunca revelou quem era o pai. Por ser uma mulher muito pobre, o nobre homem o adotou e o criou como seu próprio filho. Sua infância e adolescência foram um pouco complicadas, ele não era rebelde, mas as más companhias lhe causavam muitos problemas. Além de que seu primo, Blifil, não gostava de Tom e sempre procurava fazer algo para prejudicá-lo.

O livro tem um ritmo bem rápido e foca apenas nos detalhes mais importantes para que o leitor consiga compreender a história. De toda forma, ela começa de fato quando Tom é expulso de casa por ter se apaixonado pela bela Sophia Western, que também o amava, mas eles não podiam ficar juntos pelo preconceito do pai da jovem por Tom ser adotado e não ser um homem de família nobre, por ela ter sido prometida a Blifil e por Blifil ter armado para acharem que Tom era uma pessoa desonesta.


29 de junho de 2018

Vantagens e desvantagens do e-reader

junho 29, 2018 0 Comments

Oi pessoal, tudo bem? Hoje vamos falar das vantagens e desvantagens do e-reader, focando mais no Kindle pois é o que uso. Todos os livros que eu leio hoje em dia são lidos com ele, que é o leitor de e-books da Amazon, mas existem outros como o Lev da Saraiva e o Kobo. Particularmente minha experiência com o dispositivo tem sido bastante positiva. Mas isso depende do quão disposto você está em se adaptar, pois a experiência é diferente da que você tem com um livro comum. Vamos à lista:

1. Peso. Uma das coisas mais positivas que eu notei ao usar o e-book, foi a questão do peso. Como eu tenho as costas bem doloridas, com o Kindle eu consigo ter meus livros em um lugar só pesando pouco e por consequência, preservando minha saúde.

2. Capacidade. A capacidade é mais do que suficiente para você ter quantos livros quiser. O meu veio com 8GB e considerando que um e-book tem em torno de uns 500KB... Faça as contas.

28 de junho de 2018

Resenha: Um Passe de Mágica

junho 28, 2018 0 Comments


Oi pessoal! Vamos falar sobre mais um livro da Agatha Christie aqui no blog!

O livro se chama "Um Passe de Mágica", e foi o primeiro livro da autora que li que não tinha o Hercule Poirot como detetive principal. A detetive da história é uma velhinha simpática e muito inteligente chamada Miss Marple.

A história gira em torno da amizade de Miss Marple, Ruth e Carrie Louise desde que elas eram crianças. E é por conta dessa amizade que Ruth não hesita em dizer a nossa detetive que acredita que Carrie Louise está em perigo. Um dos motivos é que a mansão em que ela mora agora é um centro de recuperação de jovens infratores, um projeto comandado por seu marido, Lewis.

Miss Marple então, faz uma visita a sua amiga e conhece seu marido. Logo, ela percebe que ele é muito entusiasmado com o projeto que conduz em sua casa. Para ele, é possível ajudar jovens criminosos a se tornarem pessoas boas e honestas. O suspense da história começa quando o enteado de Carrie Louise chega na casa para encontrar com Lewis, e tempos depois é achado morto enquanto escrevia uma carta. Carta essa que sumiu. É a partir desse ponto que vemos Miss Marple entrar em ação.

27 de junho de 2018

Resenha: Morte nas Nuvens

junho 27, 2018 0 Comments


Morte nas nuvens ou Death in the Clouds para quem lê em inglês, é um livro da autora Agatha Christie que foi publicado em 1935. O livro estrela mais uma das aventuras do detetive belga Hercule Poirot.

A história gira em torno de uma agiota, Madame Giselle, que é achada morta durante um voo de Paris para Croydon. As primeiras suspeitas foram de infarto, mas quando Poirot encontra uma pequena flecha envenenada, o assassinato é confirmado e uma das pessoas que estavam no avião é culpada. É um caso bem difícil para o nosso detetive, uma vez que ninguém revela nada comprometedor e até mesmo ele se torna um suspeito.

26 de junho de 2018

Resenha: Madame Bovary

junho 26, 2018 0 Comments
CONTÉM SPOILERS

Esse é um livro escrito por Gustave Falubert e nos leva ao mundo de Charles Bovary. Um homem simples que foi criado por sua mãe, a primeira Madame Bovary. Charles teve uma infância pobre sem perspectivas mas ainda assim conseguiu ser um médico e casou com uma viúva mais velha que ele e sem atrativos, apenas por ela ter algum dinheiro. 
Sua vida muda quando um dia ele foi apressado para ajudar um fazendeiro com uma perna quebrada. Logo ele se tornou amigo da família e se sentiu atraído pela filha do fazendeiro, Emma Rouault. Ela é uma mulher bem educada que ama romances e sonha em viver uma incrível história de amor. Embora estivesse casado, Charles nunca foi desleal a sua esposa, o que nos mostra um pouco de sua personalidade. Quando a esposa dele morre, ele pede Emma em casamento, que aceita o pedido visando uma vida melhor longe da fazenda. Logo ela se descobre infeliz e entendiada em sua nova vida. Particularmente, eu me senti conectada com Emma em alguns pontos do livro, pude notar que ela era uma sonhadora que se tornou um produto de suas escolhas, como todos os seres humanos por aí.