12 de agosto de 2018

Resenha: An Algonquin Maiden


Oi pessoal! Hoje o review vai ser sobre um livro canadense, que ainda não tem tradução para o Brasil. A tradução literal seria algo como "Uma Moça de Algoquin- Um Romance dos Dias Iniciais do Norte do Canadá". É um livro antigo e foi minha primeira experiência com literatura canadense (embora não seja a primeira review de livros do Canadá aqui). Se você se predispor a ler esse livro, tenha em mente que o inglês utilizado aqui é bem antigo e por esse motivo, minha leitura foi bem demorada.

Nós seguimos a história dos irmãos Edward e Rose McLeod. Edward é apaixonado por Helene, uma moça bonita e rica, que ele conhece desde que era criança. Mas a intrigante Wanda, uma indígena, também chama a atenção do rapaz. Já Rose, se apaixona por Allan Dunlop, mas seu pai desaprova o romance por conta de sua posição social e crenças políticas.

O livro é repleto de descrições sobre as florestas canadenses, as estações do ano e a sociedade de muito tempo atrás. A parte interessante é que tem momentos onde podemos acompanhar o relacionamento entre os homens brancos e os indígenas. Apesar de ser uma leitura lenta e cansativa por conta do inglês antigo, é fácil se envolver nos eventos do livro e não se surpreenda caso você perceba que está com raiva ou triste enquanto lê. Se você gosta de surpresas, esse livro é para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leave your comment!