Resenha: Delver Magic - Sanctum's Breach (Livro 1)


Oi pessoal! Sei que passei um tempo sem postar resenhas de livros, mas o motivo é que demorei a terminar a leitura da história que comento aqui hoje. O livro que terminei de ler se chama Delver Magic - Sanctum's Breach e é o primeiro livro de uma trilogia escrito por Jeff Inlo. O livro está todo em inglês, mas se você já é acostumado a ler livros em inglês, isso não será um problema.

A história se passa na terra de Uton e foca em Ryson Acumen, ele pertence à raça dos delvers e mora na cidade de Connel. A história começa quando ele é contratado para investigar os danos de um terremoto que atingiu a cidade. Entretanto, sua busca revela mais do que ele estava preparado para enfrentar: a magia está retornando. Por muitos anos, os humanos negaram a existência de outras raças, como elfos e anões e muitas vezes até mesmo os próprios delvers; e com a descoberta feita, coisas inimagináveis estão prontas para retornar. É com a ajuda de um elfo, Lief, que Ryson parte em uma aventura para descobrir as causas do retorno da magia que há muito tempo foi extinta por todas as raças.




A história é bem criativa, as descrições das habilidades de cada raça e suas aparências são bem escritas. Alguns pontos da história são convincentes, outros, nem tanto. O principal motivo para eu ter demorado duas semanas para ler esse livro foram os vários altos e baixos que ela me proporcionou. Eu lia cada página sempre na expectativa de ter alguma emoção, algo que realmente me prendesse na história, entretanto, não consegui me conectar ao enredo como gostaria. A partir da metade do livro, isso fica mais notório.

Muitas coisas no final me incomodaram, como a aparição de raças e criaturas que não haviam sido mencionadas ou que simplesmente surgiram do nada, sem nenhuma explicação convincente. A ideia geral não é ruim, mas se tivesse sido melhor explorada, a experiência da leitura teria sido muito mais proveitosa. E olhe que eu adoro ler livros de fantasia. Esse é um livro que eu recomendo só para aqueles que são pacientes e que conseguem relevar falhas no livro.

E vocês, já leram esse livro? O que acharam?