6 de novembro de 2018

Biografia da Semana: Edgar Rice Burroughs


Oi pessoal! Mais uma biografia da semana pedindo passagem na internet de vocês, e essa semana vamos falar de Edgar Rice Burroughs, o mestre da aventura! Ele criou histórias que você já deve ter ouvido falar hoje em dia, como Tarzan e John Carter.

Edgar Rice Burroughs nasceu em 1 de setembro de 1875, em Chicago. Ele era filho de um rico empresário e foi educado em escolas particulares de prestígio. Ele passou os anos de 1897-1911 em vários empregos e negócios decadentes em Chicago e Idaho. Em 1900, ele se casou com Emma Centennia Hulbert, que sempre esteve ao seu lado. Ele foi cowboy, atendente de loja, policial, mineiro e até mesmo especialista em contabilidade, apesar de não saber de nada da profissão.

A vida não era fácil para o casal, Edgar ficou deprimido e Emma, desencorajada. E para escapar da dura realidade e para alegrar sua esposa, ele criava rascunhos de quadrinhos ou histórias que se passavam em outros mundos. Ao finalmente se estabelecer em Chicago, com esposa e três filhos, ele começou a escrever textos publicitários e depois voltou-se para a ficção.

A história "Under the Moon of Mars" apareceu na forma de série na revista de aventura The All-Story em 1912, e se tornou tão popular e fez tanto sucesso que ele se tornou escritor em tempo integral. Essa mesma história sofreu algumas adaptações, como na história A Princess of Mars e depois foi adaptado ao cinema com o filme John Carter.

A primeira história de Tarzan que escreveu foi em 1912, sendo o primeiro de uma série de 25 livro sobre o filho de um casal americano que foi abandonado na selva Africana quando era bebê e foi criado por macacos. Edgar criou Tarzan de tal forma que o apelo popular era quase instantâneo, assim como ocorria com suas histórias que se passavam em Marte. As histórias de Tarzan foram traduzidas para mais de 56 idiomas e também foram adaptadas para revistas em quadrinhos, cinema, TV e rádio.

Em 1919, para estar perto das gravações do filme de Tarzan, ele comprou uma propriedade próxima a Hollywood, no local que depois foi nomeado de Tarzana (bem original né?). Ele continuou a escrever seus livros, publicando 68 ao total. Na Segunda Guerra Mundial ele se tornou o correspondente para o Los Angeles Times e aos 66 anos foi o correspondente de guerra mais velho cobrindo o Pacífico Sul.

Edgar faleceu em março de 1950, de problemas cardíacos.

As informações para esse post foram coletadas aqui, aqui e aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leave your comment!